Imprensa

AGRALE LANÇA LINHA 2009 DE CAMINHÕES LEVES E MÉDIOS

24 nov 2008

Novas características que valorizam o conforto para o motorista, a segurança e a estética foram adicionadas à linha 2009 de caminhões Agrale. Entre os destaques estão as novas lanternas dianteiras com LEDs nos sinalizadores de direção, o moderno painel de instrumentos totalmente digital e mudanças mecânicas que ampliam a robustez e a vida útil dos veículos.

Os caminhões Agrale 8500, 9200 e 13000 passam a contar com a nova tecnologia de LEDs no pisca dianteiro, em vez das lâmpadas incandescentes tradicionais. O LED (Light Emission Diode) é um dispositivo semicondutor que transforma a energia elétrica em luz. Além de melhorar a intensidade e permitir design mais moderno, é mais resistente e durável, com vida útil superior a 100 mil horas, o que praticamente elimina as trocas por queima. O consumo de energia também é menor, pois o LED gera menos calor.

O painel (cluster) dos caminhões Agrale também está mais moderno e agora é completamente digital, com todos os instrumentos integrados em uma única peça. A tecnologia digital facilita a visualização e a leitura, além de oferecer dados mais precisos. Ainda entre as inovações do painel na linha 2009, o tacômetro teve seu diâmetro ampliado e apresenta agora o mesmo tamanho do velocímetro. A mudança permite que o motorista visualize melhor o regime de funcionamento do motor e possa dirigir sempre dentro da faixa econômica, entre 1.500 rpm e 2.000 rpm, reduzindo o consumo de combustível. Outra novidade da linha 2009 é o tacógrafo eletrônico do tipo gaveta, que permite que o equipamento seja retirado e levado pelo condutor caso necessário. A leitura é feita de forma eletrônica (visualização digital) e os dados são gravados em um CD. 

Os caminhões leves com motorização eletrônica passaram a incorporar uma tecla no painel para acionamento do acelerador (PTO). Esse dispositivo geralmente é utilizado nas operações em que é necessário movimentar algum equipamento hidráulico no caminhão, como um guindaste, uma caçamba, uma plataforma ou um compactador de lixo, entre outros exemplos. A tecla localizada no painel facilita o trabalho do motorista, que não precisa entrar no caminhão e pisar no pedal do acelerador para acionar a tomada de força.  

Entre as novidades introduzidas para melhorar a ergonomia, a Agrale alterou o manete da alavanca de câmbio, com novos materiais e formato, mais resistente e de toque mais agradável e anatômico. Essa mudança proporcionou melhor contato e segurança na troca de marchas. Os modelos Agrale 6000 e 8500 oferecem como opcional sistema de ar-condicionado, que permite que os usuários mantenham os vidros fechados, reduzindo o ruído no interior da cabine e ampliando o conforto térmico.

A linha de caminhões leves da Agrale é composta pelos modelos 9200 E-tronic, 8500 E-tronic, 8500 E-mec e 6000 E-mec. Com capacidade de carga de 3.400 kg a 6.100 kg, são equipados com motorização turbodiesel MWM International eletrônica e mecânica (CONAMA Fase 5), com potências de 115 cv e 150 cv, respectivamente.

No segmento de médios, a Agrale oferece o modelo 13000 4x2, com eixo simples ou de dupla redução, e a versão 6x2 com 3º eixo, que aumenta a capacidade de carga do veículo de PBT de 13,0 toneladas para 20,7 toneladas. O eixo de dupla redução, item de série do caminhão Agrale 13000 6x2 e opcional na versão 4x2, proporciona força adicional em aclives e manobras e amplia a gama de aplicações do veículo. A dupla redução é acionada por meio de um botão junto à alavanca de câmbio.

Os caminhões Agrale 13000 são equipados com motor MWM 6.10 TCA Euro III (6 cilindros), com potência de 173 cv. Como os demais modelos, o 13000 foi projetado dentro do conceito de tecnologia na medida certa, que alia conforto e excelente ergonomia a um produto prático e robusto, com constante disponibilidade para o trabalho e economia operacional no dia-a-dia.

Fotos: Julio Soares


Secco Consultoria: www.secco.com.br

Voltar